Merkel faz primeira aparição pública com máscara para afastar críticas

BERLIM (Reuters) – A chanceler alemã, Angela Merkel, fez sua primeira aparição pública usando uma máscara nesta sexta-feira, depois de reprovar acusações de hipocrisia no início desta semana por não usar o equipamento de proteção.

Merkel entrou no Bundesrat, a câmara alta do Parlamento, usando uma máscara preta marcada com EU2020.de, um site dedicado à Presidência alemã à frente da União Européia durante seis meses, iniciada em 1º de julho.

Merkel, cujo governo tornou obrigatório o uso de máscaras em alguns locais públicos, foi questionada por uma jornalista em uma entrevista coletiva na segunda-feira por que ela nunca foi vista usando uma máscara em público.

A chanceler, que é conhecida por acompanhar de perto as pesquisas de opinião, respondeu que não precisava usar uma máscara quando cumpria as regras de distanciamento social, mas o fazia quando não podia, a exemplo de viagens para compras particulares quando não estava aos olhos do público.

“Mas eu não vou te dizer onde eu vou fazer compras”, disse ela com um sorriso.

Merkel foi elogiada por sua resposta à crise do coronavírus e seus índices de aprovação aumentaram. A maior economia da Europa resistiu à pandemia de Covid-19 melhor do que a maioria de seus vizinhos, ajudada por medidas de quarentena relativamente brandas que permitiram que algumas atividades sociais e industriais continuassem durante os meses de pico da epidemia, além de pacotes de resgate e estímulo maciços.

Por Joseph Nasr

Venceslau Editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com