Sobre o Autor

Morgan Howen

Morgan is an example author of everest news. She has just a dummy image & content. Sedut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque

Venceslau tem um óbito suspeito de Covid-19; mulher fez o teste rápido

A senhora Geny Maria dos Santos, faleceu nesta terça-feira (30) em Presidente Venceslau, com suspeita de coronavírus.

Geny tinha 63 anos e era diabética, passou mal e procurou o Pronto Socorro da Santa Casa, mas faleceu em seguida. O teste rápido resultou positivo para a Covid-19, porém foi colhido material para realizar exame PCR, que comprovará se a mulher tinha o vírus.

"Tia Geny" trabalhou por muitos anos na antiga Creche da Tia Carmen, era moradora da Sumaré e estava aposentada. Seu corpo já foi sepultado ainda nesta manhã de terça-feira.

Testes rápidos geram controvérsias
Esse tipo de exame é feito colhendo uma amostra de sangue total, soro ou plasma do paciente por furo no dedo ou na veia, e serve para detectar se o corpo teve contato com o vírus e desenvolveu proteção contra ele (as imunoglobulinas IgM e IgG). O resultado sai, em média, em 30 minutos. Ele só é indicado a partir do sétimo dia após o surgimento dos sintomas da doença, tempo necessário para que o organismo produza quantidade suficiente de anticorpos.

Muitos profissionais da saúde afirmam que a especialidade e sensibilidade desse tipo de exame não são boas, prejudicando os resultados.

O próprio Ministério da Saúde informou, logo que os testes começaram a chegar no Brasil, que a chance de erro dos testes rápidos chega a 75%. A maior parte dos testes são importados.

Caso em Marabá Paulista
Uma família na cidade de Marabá Paulista sofreu com o erro no resultado do teste rápido para Covid-19. 

Uma mulher, considerada o primeiro caso no município, fez o teste após se sentir mal, sendo o resultado positivo. Passou por isolamento domiciliar junto com sua família, que afirmou ter sofrido discriminação por parte da população marabaense.

No último dia 22 de junho, a mulher realizou o exame PCR, a contraprova, analisada pelo Laboratório do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, testando negativo para a SARS-Cov 2, nome do novo coronavírus.

Por Portal Bueno

Venceslau Editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com